pt en

História

A ICEL nasce a partir de uma oficina familiar fundada nos anos quarenta por três irmãos na qual se trabalhava o aço e de onde saíam peças de cutelaria para a agricultura e cozinha.

Esta oficina localizava-se em Ribafria, uma pequena aldeia perto de Benedita. No início a gama de produtos era constituída por canivetes e algumas facas totalmente fabricadas à mão. O aço utilizado era o aço carbono que era forjado e temperado com equipamentos rudimentares, sendo a energia utilizada proveniente do carvão. Os cabos eram feitos de ossos e chifres de animais. À medida que a produção foi aumentando, a distribuição deixa de ser local e passa a ser regional, e os produto passam a estar presentes em lojas e mercados de vários pontos do país, transportado na sua maioria pelos caminhos de ferro.

No ano de 1945, a pequena oficina já emprega 25 pessoas, e é tomada a decisão de constituir uma sociedade com o nome de Indústria de Cutelarias da Estremadura, Lda., do qual nasceria a primeira marca ICEL.